Saudades fica em segundo lugar no Estado em ranking de gestão fiscal

Estudo é baseado em resultados fiscais oficiais, declarados pelas prefeituras e disponibilizados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN)

Foto: Índice Firjan de Gestão Fiscal

Desde 2013, a FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) realiza, anualmente, um estudo socioeconômico dos municípios brasileiros, baseado em resultados fiscais oficiais, declarados pelas prefeituras e disponibilizados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), denominado índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), que tem como objetivo apontar os desafios da gestão municipal e propor algumas sugestões, o que instiga a reflexão sobre a eficiência da gestão pública dos municípios.

Em 2018, foram analisados os dados de 5.337 municípios brasileiros, onde vive mais de 97% da população. O IFGF é composto por quatro indicadores: Autonomia (verifica a relação entre as receitas das atividades econômicas do município e os custos para manter a câmara de vereadores e a estrutura administrativa da prefeitura), Gastos com Pessoal (representa quanto o município gasta com pagamento de pessoal em relação ao total da receita corrente líquida), Liquidez (verifica a relação entre o total de restos a pagar acumulados no ano e os recursos em caixa disponíveis para cobri-los no exercício seguinte) e Investimentos (mede a parcela da receita total do município destinada aos investimentos). A leitura dos resultados obtidos a partir da análise desses indicadores é simples: a pontuação varia entre 0 e 1, sendo que quanto mais próxima de 1 melhor a gestão fiscal do município. 

Para facilitar a análise, foram convencionados quatro conceitos para o IFGF, com os seguintes valores de referência: 

  • Resultados inferiores a 0,4 pontos representam uma Gestão Crítica;
  • Resultados entre 0,4 e 0,6 pontos representam uma Gestão em Dificuldade;
  • Resultados entre 0,6 e 0,8 pontos representam uma Boa Gestão;
  • Resultados Superiores a 0,8 pontos representam uma Gestão de Excelência. 

Veja, na imagem à direita, os resultados obtidos com a análise dos dados do município de Saudades, do ano de 2018.  

Com base nas informações acima mencionadas, constata-se que o município de Saudades possui nota máxima em três dos quatro indicadores (Autonomia, Gastos com Pessoal e Investimentos) e, em liquidez, o resultado representa uma Boa Gestão. Dessa forma, o município recebeu o Índice Firjan de Gestão Financeira 0.9439, isso significa que está no conceito de Gestão de Excelência. 

Com esse resultado, o município de Saudades está em 2º lugar no ranking estadual do IFGF, isto é, dos municípios catarinenses que participaram desse estudo, Saudades obteve o segundo melhor resultado em Gestão Fiscal. Já no ranking geral, entre os 5.337 municípios brasileiros que participaram do IFGF, Saudades aparece na 13ª colocação. 

O prefeito municipal, Daniel Kothe, comemora esse importante reconhecimento: "Estou muito feliz com o resultado alcançado! Realmente das metas que colocamos no planejamento, a nossa gestão fiscal está sendo bastante eficiente e os resultados estão aí. Quero compartilhar essa importante conquista e esse reconhecimento dos bons resultados com toda a equipe de governo e com toda a comunidade saudadense, que sempre nos ajudou e nos apoiou. Esse reconhecimento e esses bons dados que a administração tem, são frutos da sociedade que sempre nos ajudou e ainda nos ajuda para termos um bom e organizado município, que tem suas contas em dia". 

No ano de 2017, Saudades apresentou o IFGF 0.8314, isso significa que o município já se encontrava no conceito de Gestão de Eficiência e que os resultados, no ano de 2018, foram ainda melhores, os mais altos desde 2013.






https://www.facebook.com/imprensa.povo/
Facebook jornal.png

Rua João Pessoa, 1969 - Sala 003 | Pinhalzinho | 049 3366-3910

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina