Facebook jornal.png

Verde e Branco

23 Setembro 2016 09:40:21

Rodrigo Kroth

Vem, Independiente
Ano passado foi o River Plate, neste ano, nada mais e
nada menos, que o maior campeão da história da Libertadores
da América. A Chapecoense vai enfrentar o Independiente
de Avellaneda (ARG) na segunda fase da Copa Sul-
-americana. Os cara tem “só” sete conquistas do maior torneio
de clubes da América do Sul. Mas, calma, não é o bicho
papão não. Isso foi lá trás, em 1984, contra o Grêmio.
Os dois jogos prometem ser muito difíceis, mas, como foi
contra o Libertad em 2015, a Chape empatou lá, empatou
aqui, e se classificou nos pênaltis. Há chances sim do Verdão
passar para a terceira fase. Nada é impossível. O próprio
nome do estádio diz tudo: “Estádio Libertadores de
América”. Mas vamos combinar, melhor que um La Bombonera
(Boca Juniors), um El Cilindro (Racing), e o próprio
Monumental de Nuñez (River Plate). A classificação pode
vir, mas, se jogar como jogou contra o Cuiabá, na própria
Sul-Americana, “pode abandoná”. Aqui em Chapecó a torcida
tem que se mobilizar. Fazer ruas de fogo sim, soltar rojões,
fazer fumaça, jogar pó de arroz, bater bumbo, cantar,
ficar sem voz, se a mulher não quer ir junto, deixa ela em
casa, pintar a cidade de verde e branco, mas vá ao estádio,
torcedor. Vá, por mim, por você, por todos que gostariam
de ir mas que não podem. As chances de fazer mais história
que no ano passado existem, por isso, apoie. O time precisa
da força vindas da arquibancada. É guerra.
100 jogos na A
Domingo passado a Chape completou 100 jogos na primeira
divisão desde que subiu, há três anos. E, esperamos
comemorar mais 100 daqui a três anos novamente. Para
quem duvidava, gostaria de escrever uma palavra aqui, mas
por respeito, vou deixar quieto. Que venham mais 100, 200,
300 jogos na Séria A.






SOSDesaparecidos.fw.png


https://www.facebook.com/imprensa.povo/
Facebook jornal.png

Rua João Pessoa, 2231 | Pinhalzinho | 049 3366-3910

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina