CMDPI entrega certificação à Instituição de Longa Permanência para Idosos Bem Viver de Pinhalzinho

O Conselho do Idoso também entregou alguns exemplares do Estatuto do Idoso e outras legislações para compor a biblioteca do lar

Ascom/Prefeitura

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI) esteve na manhã de segunda-feira (23), entregando a certificação de inscrição junto a Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) Bem Viver de Pinhalzinho.

Conforme a Assistente Social e coordenadora da Política do Idoso de Pinhalzinho, Marisa Dalapossa, entregar um certificado a uma instituição é uma responsabilidade muito grande de todos os conselheiros, pois o conselho tem o papel de fiscalizar o atendimento que esta instituição oferece aos acolhidos. Após a avaliação da documentação solicitada e visita in loco, o conselho decidiu em plenária por conceder parecer favorável à Certificação da Inscrição. "A instituição hoje está andando dentro das normas da legislação vigente. O município de Pinhalzinho e a região necessitam de instituições de acolhimento para idosos e somente pessoas acima de 60 anos é que podem ser acolhidas. A entrega desse certificado neste momento vem de encontro ao que rege toda a legislação vigente no cuidado da pessoa idosa. A partir de agora, o CMDPI fará visitas periódicas de acompanhamento", explica.

Marisa destaca ainda, que a ILPI está neste momento em consonância com o previsto na Resolução nº 003/2014 a qual dispões sobre critérios e procedimentos para a inscrição e renovação de Instituições de Longa Permanência para Idosos e ou programas de atendimento à pessoa idosa no Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Pinhalzinho/SC. Após a publicação da Resolução CMDPI nº 005/2019. "A certificação junto ao CMDPI é necessária para que a ILPI possa manter-se de portas abertas e possa ofertar o serviço de acolhimento institucional às famílias que necessitam deste serviço, a mesma terá validade de três anos. Estamos felizes por poder avançar na politica de atendimento ao idoso com qualidade em nosso município, embora esta seja uma instituição de caráter particular", enaltece.

Para o presidente do CMDPI, Neri Daniel Koch, o Conselho almeja o bem estar de todos os idosos do município. "Ficamos felizes em acompanhar todas essas mudanças feitas na instituição e pela proprietária Janete ter abraçado essa causa e está acolhendo tão bem esses idosos. Isso é o importante, que se crie um vínculo social e afetivo dentro dessa casa. Nós enquanto Conselho temos a obrigação de acompanhar o trabalho desenvolvido pela instituição, para que a casa funcione dentro das normativas", apontou.

Na oportunidade a proprietária da ILPI Bem Viver de Pinhalzinho, Janete Noss, agradeceu ao Conselho e destacou que essa certificação é importante para todos saberem que a casa está trabalhando dentro das normas e as pessoas estão sendo bem cuidadas.

O Conselho do Idoso também entregou alguns exemplares do Estatuto do Idoso e outras legislações para compor a biblioteca do lar.


Imagens






https://www.facebook.com/imprensa.povo/
Facebook jornal.png

Rua João Pessoa, 1969 - Sala 003 | Pinhalzinho | 049 3366-3910

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina