Prefeito de Pinhalzinho assume a presidência da Amosc

Presidência foi definida na última Assembleia Geral Ordinária de 2018 da Amosc

Ascom/Prefeitura
Foto: Divulgação

No dia 21 de dezembro de 2018, foi realizada a última Assembleia Geral Ordinária de 2018 da Associação dos Municípios do Oeste de Santa Catarina (Amosc), com eleição da nova Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal 2019. Além disto, também teve o lançamento do folder institucional e da revista dos 50 anos da entidade, indicação de prefeitos para as eleições da Fecam, Aris, Egem, Ciga e Saga, e o encontro das primeiras-damas.  

O evento ocorreu no Prata Thermas Hotel, Balneário de Pratas, em São Carlos. A assembleia encerrou as atividades da associação em 2018, e fechou com chave de ouro a programação voltada à comemoração do cinquentenário da Amosc e despedida da Diretoria Executiva 2018.

Na oportunidade, foi aprovado um manifesto de apoio aos produtores de leite a ser encaminhado às autoridades constituídas e sociedade catarinense, sobre as dificuldades que a cadeira produtiva do leite está passando.

O até então atual presidente da Amosc, Rudi Miguel Sander, fez um agradecimento especial aos 21 colegas prefeitos que estiveram juntos no exercício em 2018. "Muito nos honra ser presidente enquanto comemoramos o cinquentenário. A missão é grande, os desafios são enormes, nós temos a consciência de que demos o melhor de nós para fazermos os nossos municípios serem mais fortes. Desejo ao prefeito de Pinhalzinho, que será o nosso próximo presidente, muito sucesso, quero dizer que conte conosco, estamos juntos pelo engrandecimento de nossas cidades", afirma.

Já o prefeito de Pinhalzinho, Mário Afonso Woitexen, eleito presidente da Amosc para a gestão de 2019, falou sobre os desafios. "Primeiro, temos que manter a linha da Amosc, que é a linha da união dos municípios, e trabalhar pelo desenvolvimento regional. Esses são os principais objetivos, porque sabemos que a força vem através da união. Nós, prefeitos, agora vamos nos unir muito mais para cobrar do Estado e do Governo Federal as condições para que possamos realmente dar o atendimento necessário aos municípios. É nos municípios que acontecem as coisas, então é desta forma que vamos encarar esse mandato junto a Amosc. Aplicar o recurso público de forma correta, ou seja, o recurso público se aplica no público, e é isso que vamos cobrar, para que o recurso público não seja aplicado em estruturas de gabinetes, que eles realmente deixem de estar nos gabinetes e passem a estar mais com o público, é isso que nós vamos cobrar no ano de 2019", ressalta.








https://www.facebook.com/imprensa.povo/
Facebook jornal.png

Rua João Pessoa, 1969 - Sala 003 | Pinhalzinho | 049 3366-3910

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina