Projeto Rondon chega a Pinhalzinho e região

Operação Gilmar de Almeida Gomes será realizada entre 10 e 20 de julho, em localidades selecionadas da Amosc

Ascom/Prefeitura
Foto: Ascom/Prefeitura

Pinhalzinho recebeu na noite de quarta-feira (10), na sede do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Porteira do Pinhal, cerca de 200 rondonistas, incluindo mais de 120 estudantes da Udesc, para o lançamento da Operação Gilmar de Almeida Gomes, Extensão coordenada pelo Núcleo Extensionista Rondon - NER/UDESC.

O Projeto Rondon, desenvolvido pelo Ministério da Defesa, em parceria com governos estaduais, municipais e Instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas, contribui para a formação do jovem universitário como cidadão e para o desenvolvimento sustentável em comunidades pouco assistidas.

A operação será realizada entre 10 e 20 de julho, em localidades selecionadas da Associação de Municípios do Oeste de Santa Catarina (Amosc) e prestará homenagem ao professor Gilmar Gomes, do Centro de Educação Superior do Oeste (CEO) da Udesc, que faleceu em fevereiro.

As oficinas e atividades programadas atenderão nas áreas de educação, saúde, meio ambiente, direitos humanos e justiça, cultura, comunicação, trabalho, e tecnologia e produção. Em Pinhalzinho, a equipe composta por 15 integrantes estará inicialmente conhecendo o município durante reunião com o prefeito e secretários, posteriormente estará desenvolvendo atividades com a comunidade, visitando as escolas, conversando com os grupos de idosos e com as crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

O empresário pinhalense, Sergio Matte, é apoiador do evento em Pinhalzinho e ressalta um pouco dos trabalhos que os alunos irão implantar na capital da amizade. "Vamos ter oficinas que irão trabalhar sobre os temas violência, educação financeira, aproveitamento de alimentos, prevenção de acidentes domésticos, educação ambiental e reciclagem, entre outras. São acadêmicos oriundos do Brasil inteiro e de diferentes áreas de graduação, pessoas que vão se integrar a comunidade, sentir suas necessidades e tentar colaborar através dessas oficinas", ressalta Matte.

O objetivo do projeto visa à modalidade de extensão de imersão multidisciplinar, a 16ª edição busca promover a interação da comunidade acadêmica com a sociedade, por meio da troca de conhecimentos, da participação e do contato com as questões contemporâneas do contexto social.


Imagens






https://www.facebook.com/imprensa.povo/
Facebook jornal.png

Rua João Pessoa, 1969 - Sala 003 | Pinhalzinho | 049 3366-3910

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina