Vá de Lenço marca o Dia Mundial do Câncer

Campanha também fez menção ao Dia Mundial do Câncer - 04 de fevereiro

Imprensa do Povo
Foto: Divulgação
Presidente da Rede Feminina de Pinhalzinho

Para marcar o Dia Mundial do Câncer - 04 de fevereiro, a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Pinhalzinho aderiu a Campanha 'Vá de Lenço'. O intuito foi de homenagear os pacientes oncológicos e fortalecer sua luta contra a doença.

A Campanha Vá de Lenço, criada pela Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale) convidou a população a participar e se conscientizar sobre como combater o câncer. Para aderir à campanha foi simples, apenas usar um lenço na cabeça, no braço ou no pescoço, durante as atividades diárias, tirar uma foto e compartilhe nas redes sociais #VáDeLenço.

O Câncer é um problema de saúde em que novidades sobre prevenção, sintomas e tratamento brotam a todo momento. Existem diversos tipos de câncer. O câncer pode se desenvolver em qualquer órgão ou tecido, como, por exemplo, o pulmão, o cólon, a mama, a pele, os ossos ou os tecidos neurais. Os diferentes tipos de câncer correspondem aos vários tipos de células do corpo. Por exemplo, existem diversos tipos de câncer de pele porque a pele é formada de mais de um tipo de célula.

Vale destacar, que são previstos 576 mil casos novos de câncer no Brasil por ano. O tumor mais incidente é o câncer de pele do tipo não melanoma (182 mil casos), seguido por câncer de próstata (68,8 mil), câncer de mama (57,1 mil), câncer de intestino (33 mil) e câncer de pulmão (27 mil).

Conforme a presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC) de Pinhalzinho, Vania Marisa Batistti, houve um engajamento de praticamente todas as voluntárias para aderir à campanha. "Foi muito lindo. As voluntárias, apoiadoras e amigas, praticamente todas usaram lenço, saíram para as ruas, para seu trabalho mostrando o que é apoiar as mulheres acometidas pelo câncer. Recebemos alguns depoimentos emocionantes, era um misto de sentimentos, de alegria por não estarem passando por isso, e momento que se questionavam e se eu tivesse? O que seria? Foi emocionante. Foi maravilhoso. Só temos que agradecer a todas que aderiram à campanha", aponta.

Atualmente a RFCC de Pinhalzinho conta com 25 voluntárias juramentadas e mais 15 voluntárias apoiadoras. Como ações, contam com cinco empréstimos de perucas, doação de 18 sutiãs, doação de 12 lenços, 504 preventivos agendados e 428 realizados em 2018. O principal foco são os exames preventivos, realização de palestras, e participações em feiras e locais para a divulgação dos trabalhos na Rede Feminina e incentivo à prevenção.

Para este ano, a entidade tem como meta a informatização do bazar e dos preventivos, e o início e quem sabe a conclusão, da obra da sede própria. Também o aumento, durante todo ano, de atendimento para realização dos preventivos, pois, além de dois sábados por mês, contam com mais duas enfermeiras voluntárias que atendem nas quartas e quintas-feiras após 17h. Também realizar atendimento preventivo in loco nas indústrias e nas comunidades é a meta. 

"Quando o diagnóstico é inicial a chances de cura são enormes, por isso a importância de fazer o preventivo e o auto exame. Prevenção sempre é o melhor remédio. Para as que já estão com a doença, desejos força, a Rede Feminina está à disposição para atendê-las da melhor forma possível. Procure a Rede para podermos auxilia-las ainda mais", ressalta a presidente, acrescentando que a atuação da Rede Feminina é na prevenção devido ao tratamento ser muito bem atendido pelo poder público, principalmente em nossa região.

Como combatê-lo

Você é parte fundamental para manter sua saúde em ordem. E para manter o câncer longe também, por isso a Abrale orienta.

- Não fume. O cigarro tem mais de 4 mil substâncias tóxicas, das quais pelo menos 70 são cancerígenas. Além do câncer de pulmão, também pode provocar câncer de boca, laringe, bexiga, estômago, dentre outros.

- Não beba em excesso. O consumo de álcool pode aumentar as chances de ocorrência de vários tipos de câncer, como os de garganta, fígado e intestino.

- Mantenha um peso adequado. A obesidade aumenta o risco de câncer em 20%!

- Consuma alimentos saudáveis. Alimente-se com comidas integrais, frutas, vegetais, proteína, preferencialmente de peixe ou frango, limite o consumo de carne vermelha, e evite alimentos processados e defumados.

- Pratique atividades físicas: Além de reduzir o peso, os exercícios ajudam a controlar o nível de insulina e melhorar o funcionamento do sistema imunológico, fundamental para o nosso corpo combater o câncer.

- Evite exposição excessiva ao sol: a exposição solar sem proteção ao longo da vida pode causar câncer de pele. Isso acontece porque a radiação ultravioleta, que penetra na pele, danifica o DNA das células.

- Evite exposição a agentes químicos nocivos. Eles podem causar mudanças nas células, aumentando o risco para alguns tipos de câncer, como os de sangue e de pulmão.








https://www.facebook.com/imprensa.povo/
Facebook jornal.png

Rua João Pessoa, 1969 - Sala 003 | Pinhalzinho | 049 3366-3910

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina