A Polícia Civil autuou em flagrante na noite de sábado (10/10), um rapaz de 23 anos por homicídio qualificado e tentativa de homicídio qualificado

Foto: Divulgação

O crime aconteceu por volta de 17h30min no Morada do Sol II, em Saudades, quando e onde o autor agrediu com faca seu pai, de 68 anos, uma irmã, de 24 anos, e o companheiro desta, um homem de 28 anos. 

Segundo as diligências realizadas pela PC logo após o crime, o autor, que estava bastante embriagado e havia se desentendido com seu pai, ligou para sua mãe e pediu para que alguém fosse buscar seu genitor na casa do indiciado.

A mãe do rapaz então pediu para que sua filha e seu genro fossem buscá-lo. Preocupados, ambos foram até o local. Já na chegada, o autor passou a agredir sua irmã com empurrões e tapas. Alterado, ainda acertou pelo menos duas facadas nas costas dela - que está grávida.

Diante disso, o pai e o companheiro da moça foram socorrê-la, quando também foram agredidos pelo suspeito, o idoso com um golpe de faca no peito e a outra vítima com um golpe na cabeça.

Depois, o cunhado do agressor entrou em luta corporal com este, conseguindo tomar dele as três facas que ele portava e o imobilizando até a chegada da PM.

A PM e os bombeiros chegaram ao local do crime, quando então o suspeito foi detido e encaminhado à Delegacia de Pinhalzinho. Além disso, a Polícia Civil e o IGP também estiveram no local do crime.

A irmã e o cunhado do agressor foram encaminhados ao hospital, onde receberam tratamento - foram realizados vários pontos para fechar as perfurações e cortes provocados. Ambos passam bem. Já o pai do autor não sobreviveu à lesão no peito e faleceu ainda no local dos fatos.

Todos os elementos coletados pela Polícia Civil indicam que de fato foi isso que aconteceu. O suspeito, ao ser interrogado na Delegacia, apresentou versão bastante contraditória. Ele alegou em síntese que foi seu cunhado que agrediu sua irmã e seu pai, o que não encontrado respaldo nos demais elementos e foi negado pelas demais pessoas ouvidas, inclusive por sua própria irmã.

Ele foi autuado em flagrante e indiciado por homicídio qualificado e por tentativa de homicídio qualificado, sendo encaminhado à Unidade Prisional Avançada de Maravilha.

Ele já havia sido indiciado por homicídio tentado praticado em 18/03/2019, em frente um bar localizado no Bairro Maria Terezinha, em Pinhalzinho, quando também agrediu com facadas outro rapaz.

Fonte: polícia Civil







https://www.facebook.com/imprensa.povo/
Facebook jornal.png

Rua João Pessoa, 1969 - Sala 003 | Pinhalzinho | 049 3366-3910

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina