Traficantes de drogas são condenados em Pinhalzinho

Indivíduos foram presos ainda em agosto de 2018

Foto: Divulgação

O indivíduo Cristiano dos Anjos Paz foi condenado ao cumprimento da pena privativa de liberdade de seis anos, nove meses e 20 dias de reclusão, a ser cumprida em regime inicial fechado, e ao pagamento de multa, por infração ao disposto no art. 33, caput, da Lei nº 11.343/2006, bem como teve mantida a sua prisão preventiva.  

Já o indivíduo Éder Mateus Rossatto foi condenado ao cumprimento da pena privativa de liberdade de um ano e oito meses reclusão, a ser cumprida em regime inicial aberto, e ao pagamento de multa por infração ao disposto no art. 33, caput e §4º, da Lei nº 11.343/2006, de modo que fica sua pena preventiva de liberdade substituída por duas restritivas de direitos.

Enquanto isso, o réu Éverton José Novello, foi condenado às penalidades de advertência e de prestação de serviços à comunidade, pelo prazo de dois meses, por infração ao art. 28 da Lei nº 11.343/2006.

Os traficantes foram presos em operação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Militar, no dia 10 de agosto de 2018, neste município.

Relembre o caso

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Fronteira da Comarca de Pinhalzinho, em conjunto com o Pelotão de Polícia Militar de Pinhalzinho, prendeu em flagrante delito E. M. R., de 24 anos, E. J. N., de 25 anos, e C. A. P., de 29 anos, pela prática dos crimes de tráfico de drogas e de associação ao tráfico, na noite de sexta-feira (10/08).

Os autores foram flagrados transportando petecas de cocaína e de maconha, devidamente embaladas para comercialização, e grande quantidade de dinheiro. Os conduzidos, que vinham de Chapecó, a fim de iludir a ação policial, guardavam as buchas de cocaína e de maconha inseridas em seus ânus.

As prisões são fruto de fina sintonia no trabalho das forças policiais da região, as quais continuam trabalhando intensamente no combate ao tráfico de drogas. As drogas foram encaminhadas ao Instituto Geral de Perícias (IGP/SC), para realização do laudo de constatação.

Após os procedimentos policiais, os presos foram encaminhados à Unidade Prisional Avançada (UPA) de Maravilha.








https://www.facebook.com/imprensa.povo/
Facebook jornal.png

Rua João Pessoa, 1969 - Sala 003 | Pinhalzinho | 049 3366-3910

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina