Chapecoense

VERDE E BRANCO

Rodrigo Kroth

Brasileirão
A Chapecoense não conseguiu golear o Inter de novo no
Brasileirão. Foi 0 a 0, mas fora de casa, ta de ótimo tamanho,
ainda mais por se tratar do Hexacampeão Gaúcho. Mas
em 2014 foi 5 a 0, nunca mais esqueço desse jogo, eu atrás
da goleira onde vi o Rafael Moura no gol, meu Jesus amado,
que dia. Toda vez que tem Inter e Chape, não há como
não se lembrar desse dia. Foi épico. Não há como tarduzir
tamanha comoção. Não posso falar em emoção, por que eu
ainda ....ah, deixa pra lá, o Inter é o time que eu torço, torcia,
torço sim, não, torço não, ah, sei lá.
 

Deusnilo
O que foi o goleiro da Chapecoense domingo contra o
Inter. O Deusnilo foi ‘demóóóóóóis..’. Fechou o gol, literalmente.
Pegou o pênalti, pegou o rebote, e só faltou levar a
trave junto pra Chapecó. Teve sondagens do Sport para tê-
-lo, mas a direção da Chapecoense já renovou o contrato até
2018. Podem fi car tranquilos. Danilo, ou Deusnilo, como
queiram, é da Chapecoense.
 

Até breve, Neymaranhão
O baixinho velocista Maranhão, ou Neymaranhão, está
partindo para o Fluminense. O clube pretende anunciá-lo
até na próxima terça-feira. Deixará saudades, mesmo com
poucos gols marcados. Era uma arma forte do técnico Guto
Ferreira para os contra-ataques e jogadas laterais. Era o casa
da assistência, o garçom da equipe. Tanto é que no estadual
desse ano marcou apenas um gol e deu quatro assistências
em 18 jogos. “Siga o destino do seu próprio coração”, boa
sorte, Neymaranhão. Deixará boas lembranças em Chapecó,
e levará consigo a consagração em ter marcado com a
camisa verde e branca o gol da equipe no Monumental contra
o River Plate e a faixa de Pentacampeão estadual. Agradecemos
por tudo, se a contratação se confi rmar.






https://www.facebook.com/imprensa.povo/
Facebook jornal.png

Rua João Pessoa, 1969 - Sala 003 | Pinhalzinho | 049 3366-3910

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina